Abre o Jogo – Mike Pence, vice-presidente dos EUA, no Brasil: o que tirar dessa visita histórica?

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, visitou o Brasil ontem (26/06/18) e encontrou-se com autoridades brasileiras, como o Presidente Michel Temer.

temer-pence

Michel Temer e Mike Pence se cumprimentam.

O principal ponto da visita de Mike Pence foi a tratar sobre a questão da Venezuela, que sofre com o regime chavista liderado por Nicolás Maduro, e a crise migratória que ela gera ao Brasil.

O vice-presidente de Trump afirmou: “Chegou a hora de agir com mais firmeza. Hoje, os Estados Unidos pedem ao Brasil e às nações livres que amam a liberdade na região a adotar mais atitudes para isolar o regime de Maduro.”.

Também declarou: “A Venezuela, agora, está oprimida. A Venezuela não está apenas se implodindo, mas está se desmanchando e impactando toda a região. A Venezuela está criando uma criando crise humanitária, com a negação de serviços básicos e fome e que levou ao maior êxodo em massa da história do nosso hemisfério: mais de 2 milhões de venezuelanos abandonaram a sua terra.”.

Pence também comentou sobre a migração de brasileiros para os EUA. Ele declarou: “Não arrisquem as suas vidas ou a de seus filhos tentando entrar nos Estados Unidos via contrabandistas e traficantes de pessoas. Se não têm condições de entrar legalmente, não venham.”.

A visita de Pence reafirma parte do que Donald Trump declarou no seu antológico discurso na Polônia, onde o mesmo se propõe a defender o mundo livre a as soberanias nacionais dos Estados-nações que compõem a civilização ocidental.

Aloysio Nunes, Ministro das Relações Exteriores (e ex-motorista do terrorista Carlos Marighella), como grande comunista que é, disse que o Brasil não aceitará impor sanções à Venezuela. Ele justificou: “O Brasil não aceita sanções. Para nós, o tema da Venezuela está colocado onde deveria, na OEA (Organização dos Estados Americanos). Nós somos contra decisões unilaterais”. O que demostra que o Brasil não pode exercer sua soberania nacional por estar amarrado a entidades e acordos supranacionais.

O Filipe G. Martins, melhor analista de geopolítica do Brasil no momento, comentou mais profundamente a visita de Mike Pence ao Brasil, em entrevista ao Canal Terça Livre. Ele inclusive fez um breve apanhado histórico das relações entre Brasil e EUA além de analisar outros pontos da vinda do vice-presidente americano. Veja no vídeo abaixo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s