Top X – Os 15 Melhores Jogadores do Mundo (2016/1)

Esta é a seção Top X, onde elaboramos um Top que pode ser sobre os mais diversos assuntos. A letra X no título é propositalmente uma incógnita, pois poderemos fazer um Top com qualquer valor.

Analisar um jogador pelo que ele fez durante um ano inteiro é bem complicado. Durante uma temporada ele pode viver altos e baixos, o que é absolutamente normal para qualquer atleta. Contudo, é também inviável analisar somente pelo que ele fez na última semana, já que certa regularidade é preciso para comprovar seu nível de atuação. Ainda assim, não podemos ignorar completamente a carreira do jogador e tudo que já o vimos construir. Optamos, então, por montar a lista baseado principalmente no desempenho semestral dos jogadores, sem ignorar a carreira que o mesmo já possui. Após a lista dos 15 melhores jogadores do mundo no segundo semestre de 2015 e com o fim da UEFA Euro 2016 e da temporada europeia, atualizamos nossa seleção. Sem mais delongas segue a lista com os melhores jogadores do mundo no primeiro semestre de 2016!

15 – Phillip Lahm

philipp-lahm

Em declínio técnico por já ter 32 anos, Phillip Lahm ainda deve ser destacado como um dos melhores do mundo. Melhor lateral do planeta há quase 10 anos, o capitão do Bayern de Munique é um jogador que pouco aparece nos números e, até mesmo, no jogo. Lateral de origem, o alemão joga também como volante. Discreto, mas praticamente perfeito, Lahm desenvolve o jogo, distribui passes, abre as linhas de marcação com trocas de passes, infiltrações e lançamentos precisos. Também é excelente na marcação. Certa vez, Pep Guardiola disse que Philip Lahm era o jogador mais inteligente com o qual ele já havia trabalhado.

14 – Diego Godín

Diego-Godin

Diego Godín continua sendo o principal zagueiro do Atlético de Madrid e da Seleção Uruguaia há alguns anos. Mais do que isso, sustenta o posto de melhor zagueiro do mundo há quase meia década. Seguro, sério, firme e extremamente regular, o zagueiro uruguaio lidera a melhor defesa do mundo na atualidade, a do Atlético de Madrid. Diferente de outros zagueiros que podem até ser tecnicamente melhores, como Mats Hummels, Sérgio Ramos, Giorgio Chiellini e Thiago Silva, mas que sempre dão aquelas entregadas, Godín raramente falha. Além disso, é um dos zagueiros mais mortais e decisivos na bola parada da atualidade. O gol do título do Campeonato Espanhol 2013/2014, da final da Champions League 2013/2014 e da classificação do Uruguai para as oitavas de final da Copa do Mundo FIFA 2014, são alguns exemplos de como o zagueiro é decisivo. Já fez três gols nas eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA 2018 e é o artilheiro da Celeste Olímpica no torneio.

13 – Zlatan Ibrahimovic

Zlatan Ibrahimovic celebrates scoring for Paris Saint Germain against St Etienne.

Zlatan Ibrahimovic dispensa comentários. O sueco se tornou o maior artilheiro da história do PSG e foi o artilheiro do time no Campeonato Francês, destacando-se como principal jogador ao lado de Ángel Di María. Conduziu a seleção sueca à fase final da Euro 2016, embora não tenha levado a seleção adiante da fase de grupos. Ibra, com 34 anos, vive ligeiro declínio técnico e, ainda assim, consegue se impor e ser um dos melhores jogadores do mundo. O “cara que só faz golaço” segue firme como um dos maiores da atualidade no futebol.

12 – Manuel Neuer

manuel-neuer

Manuel Neuer é o melhor goleiro da atualidade. O alemão não somente é capaz de realizar defesas espetaculares, como ainda revolucionou a posição ao fazer em diversos momentos da partida, jogadas de líbero. Seguro, decisivo e quase intransponível, a muralha alemã fica com a décima segunda posição.

11 – Ángel Di María

dimaria

Ángel Di Maria foi o principal jogador do Paris Saint-Germain na temporada, ao lado de Ibrahimovic. Líder de assistências do campeonato francês e autor de jogadas e gols maravilhosos durante a temporada, o argentino reafirmou-se como um dos principais jogadores do mundo e o segundo melhor jogador argentino da atualidade. Rápido, técnico, driblador, passador, decisivo e muito consciente dentro do campo, conquistou com méritos o posto de décimo primeiro melhor jogador do mundo.

10 – Andrés Iniesta

Andres-Iniesta

“Andrés Iniesta é gênio. Ele é diferente quando pega na bola.” Muitos jogadores que enfrentaram o meia do Barcelona já disseram coisas semelhantes sobre ele. De fato, a carreira e tudo que já o vimos fazer já o credencia a estar entre os melhores. Visão de jogo incomparável, controle de bola muito acima do comum, passes e dribles precisos por si só, fazem de Iniesta um dos maiores da atualidade. Infelizmente, perdeu seu protagonismo com a explosão do tridente do Barcelona. Também vive ligeiro declínio técnico devido o avançar da idade (32 anos). Mesmo assim, Andrés Iniesta ainda é muito diferenciado e poucos conseguem ser melhores do que ele.

09 – Arturo Vidal

UEFA Champions League - "FC Bayern Munich v Arsenal"

Arturo Vidal foi um monstro nesse segundo semestre. Após um primeiro semestre de readaptação no Bayern de Munique, o chileno assumiu a condição de titular absoluto e tomou conta do meio de campo time bávaro. Implacável na marcação, estupendo na leitura de jogo, posicionamento e capacidade de ocupação de espaço, além de fortíssimo com suas chegadas sempre incisivas dentro da área, Vidal demonstrou por diversas vezes estar sempre no lugar certo na hora certa, seja qual for o lugar do campo. Sua exímia disposição foi determinante para que ele pudesse fazer gols importantíssimos na caminhada do time alemão até as semifinais da UEFA Champions League. Também foi enorme na Bundesliga, sendo peça importante na conquista do tetracampeonato alemão. Principal jogador e líder da seleção chilena na conquista da Copa América Centenário, Vidal demonstrou porque merece estar tão alto na lista dos melhores jogadores do mundo.

08 – Pierre Emerick Aubameyang

Pierre-Emerick-Aubameyang

Aubameyang foi o principal jogador do Borussia Dortmund e do primeiro semestre da Bundesliga. Sofreu com algumas lesões nesse semestre, mas ainda assim demonstrou ser decisivo e incisivo como sempre. Terminou o campeonato como vice-artilheiro da competição com 25 gols, totalizando 36 gols durante toda a temporada, entre Europa League, Bundesliga e Copa da Alemanha. Velocista, ótimo finalizador tanto com os pés quanto com a cabeça, além de jogar muito bem fora da grande área, Auba se provou um expoente do campeonato alemão e um dos principais atacantes do mundo na atualidade.

07 – Robert Lewandowski

robert_lewandowski_original

Robert Lewandowski foi gigantesco nessa temporada. O atacante polonês marcou 56 gols, divididos em atuações pelo Bayern de Munique e pela seleção polonesa. Lewandowski foi artilheiro da Bundesliga 2015-16 com 30 gols e o principal jogador do Bayern de Munique na temporada. Após ser decisivo e levar a Polônia à fase final da Euro 2016, foi discreto na competição, marcando somente um gol.  Contudo sua seleção foi bem na competição, chegando as quartas de final e sendo eliminada somente nos pênaltis para Portugal, futuro campeão. Lewandowski foi o principal jogador do Bayern de Munique nesse semestre e em toda a temporada e foi também um dos melhores, se não o melhor, de todo o futebol alemão. Sétimo lugar para o artilheiro polonês.

06 – Neymar Júnior

Neymar

Neymar viveu o melhor momento da carreira no segundo semestre de 2015. Àquela altura, viveu momentos em que intitulá-lo de melhor jogador do mundo não era exagero. Desde então, viveu um aparente declínio técnico, não figurando no Top 5, ainda que continue indubitavelmente como um dos melhores do mundo. Foi artilheiro da Champions League 2014-15 com 10 gols (ao lado de Messi e Ronaldo), sempre marcando em jogos decisivos. Na última edição, 2015-16, teve desempenho muito inferior. Também oscilou bastante durante o campeonato espanhol e viu Messi e Suárez comandarem o Barcelona rumo a conquista do campeonato espanhol e da Copa do Rei. Marcou na final desta, tendo boa atuação. Com 46 gols pela seleção brasileira, já é o quinto maior artilheiro com apenas 23 anos de idade. Na última eleição da FIFA à Bola de Ouro conseguiu ser finalista ao lado de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. Aparece em sexto, pelo segundo semestre abaixo do esperado e pela ascensão de outros rivais. Porém, tem tudo para chegar ao topo, basta ter foco e dedicação.

05 – Gareth Bale

Gareth-Bale

Gareth Bale sofreu com lesões na última temporada e por isso esteve em baixa. Muitos questionaram se o galês valeu mesmo o investimento feito por ele. A temporada foi passando e Bale se recuperou, e mais do que isso, voltou em grande estilo. Assumiu papel de protagonista do Real Madrid ao lado de Cristiano Ronaldo e teve papel gigantesco na incrível arrancada do time merengue no final da temporada, que culminou com um antes distante segundo lugar no campeonato espanhol e um memorável título da UEFA Champions League, o décimo primeiro da história do clube. Mais do que com seu clube, Gareth Bale fez história com sua seleção, levando País de Gales a primeira semifinal de Eurocopa, na primeira participação da história do país na fase final da competição. O astro do Real Madrid foi enorme e merece o quinto lugar na lista.

04 – Antoine Griezmann

antoine-griezmann-atletico-madrid

Diego Simeone chegou a afirmar que se Griezmann continuasse no Atlético de Madrid e mantesse a curva ascendente que demonstrava, estaria em pouco tempo brigando de igual para igual com Messi e Cristiano Ronaldo. As previsões de El Cholo parecem cada vez mais próximas de serem confirmadas, afinal o atacante francês foi gigantesco nessa temporada, e ainda mais nesse semestre. Griezmann foi o principal nome do Atlético de Madrid na excelente campanha do vice-campeonato da UEFA Champions League, sendo fundamental para que os Colchoneros eliminassem o Barcelona e o Bayern de Munique, antes favoritos. Na UEFA Euro 2016 foi eleito o melhor jogador do torneio, sendo também artilheiro e principal nome do vice-campeonato da seleção francesa. Estabelecido como um astro do futebol mundial, o francês tem tudo pra continuar crescendo e alçar voos ainda maiores.

03 – Luís Suárez

Luís-Suárez

Luís Alberto Suárez Díaz, chamado de “El Pistoleiro” ou também de “Luisito” é o principal jogador uruguaio da atualidade, sendo o maior artilheiro da Celeste Olímpica de todos os tempos. Suárez foi nesse semestre um expoente tão grande quanto o próprio Messi no tridente do Barcelona. Foi importantíssimo no título da Copa do Rei e do Campeonato Espanhol do Barcelona na temporada 2015-16. Suárez teve a incrível marca de 40 gols no Campeonato Espanhol, terminado como artilheiro máximo. Além de artilheiro, Luís Suárez foi líder de assistências do torneio com 16, ao lado de Messi, e fez seis hat-tricks durante o campeonato. Também liderou sua seleção nas eliminatórias, levando a Celeste Olímpica à liderança do torneio. Pensou em gol, pensou em Luís Suárez. Assim foi nesse semestre.

02 – Cristiano Ronaldo

Cristiano-Ronaldo

“A Máquina de Fazer Gols”, é assim que muitos se referem a Cristiano Ronaldo. CR7 é considerado para muitos o maior atleta da atualidade, e se pensarmos em atributos físicos, eles estão totalmente certos. Cristiano Ronaldo detém grande porte físico, alia força, velocidade, impulsão, posicionamento e finalizações num conjunto quase perfeito. Exímio atleta e destruidor de recordes, o português atingiu nessa temporada os recordes de maior artilheiro da história do Real Madrid e o de maior artilheiro de uma edição de fase de grupos da Liga dos Campões. Fez 16 gols na UEFA Champions League 2015-16, sendo artilheiro máximo da competição, e liderou o Real Madrid à conquista do décimo primeiro título. No campeonato espanhol, CR7 fez 35 gols e foi vice-artilheiro da competição. Liderou Portugal de forma sublime à conquista da UEFA Euro 2016, a primeira da história do país. Credenciais que o colocam num patamar igual ao de Messi, no semestre, e o eleva a maior jogador português de todos os tempos.

01 – Lionel Messi

Lionel-Messi

Lionel Andrés Messi é simplesmente o principal jogador do melhor time da atualidade. Não somente isso, “La Pulga”, como também é conhecido, vem destruindo recordes atrás de recordes, desde que se profissionalizou. Menos completo no que se diz a aptidões físicas se comparado a seu maior rival, Cristiano Ronaldo, Messi compensa com sobras no talento e na genialidade. A capacidade de enxergar o jogo coletivo, criar jogadas improváveis, driblar, destruir defesas, fazer arrancadas espetaculares e finalizar com eficiência inigualável fazem do gênio argentino o melhor jogador do mundo. Esse semestre, Messi conquistou o campeonato espanhol e a Copa do Rei pelo Barcelona e foi o melhor jogador disparado da Copa América Centenário, terminando com o vice-campeonato após derrota nos pênaltis para o Chile. Messi também se tornou o maior artilheiro da história da seleção argentina, ultrapassando Gabriel Batistuta, com 55 gols. Em La Liga, fez 26 gols e foi líder de assistências com 16, ao lado de Suárez. Apesar de ter perdido a final da Copa América, foi o melhor jogador e, mesmo que tenha se aposentado (ou não) da seleção argentina, continua sendo o melhor jogador do mundo, pois ninguém consegue chamar o jogo pra si e colocá-lo “debaixo do braço” com tamanha eficiência quanto o gênio argentino.

Anúncios

Sobre Thiago

Um grão de areia no olho do furacão.

Publicado em 11 de julho de 2016, em Top X e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: