Top X – Os 6 Melhores Momentos da Sexta Temporada de Game of Thrones

Esta é a seção Top X, onde elaboramos um Top que pode ser sobre os mais diversos assuntos. A letra X no título é propositalmente uma incógnita, pois poderemos fazer um Top com qualquer valor.

Baseado na série de livros As Crônicas de Gelo e Fogo (A Song of Ice and Fire no original) de George R. R. Martin, Game of Thrones é uma série de televisão produzida pelo HBO de enorme sucesso mundial. Criada por David Benioff e D. B. Weiss, a série se tornou um grande sucesso de crítica e de popularidade, notabilizando-se como uma das maiores e mais icônicas séries de todos os tempos.

1434624

Intro oficial da série

Anteriormente, fizemos uma lista com as 12 Cenas Mais Marcantes de Game of Thrones, cobrindo da primeira até a quinta temporada. Com o findar da sexta temporada, listamos, nesse Top X, as 6 cenas mais marcantes da mesma! Mantivemos os mesmos critérios da lista anterior, considerando a qualidade técnica da cena, a atuação dos atores, as ações dos personagens, o quão marcante ela foi, sua importância no enredo, seu propósito e sua coerência, para assim montar a nossa lista. Sem mais delongas, segue a nossa seleção.

[AVISO: O TEXTO ABAIXO CONTÉM SPOILERS!!! SE VOCÊ AINDA NÃO ASSISTIU A GAME OF THRONES OU MESMO LEU OS LIVROS DE GEORGE R. R. MARTIN, LEIA POR SUA CONTA E RISCO.]

6 – O novo Rei do Norte e a retorno da verdadeira herdeira do Trono de Ferro

O episódio 10 dessa sexta temporada foi o melhor entre todos os episódios de encerramento de temporadas disparado! É interessante como esse episódio foi capaz de juntar as pontas que pareciam tão distantes na série e colocarem elas nos trilhos para convergir num embate que tem tudo para ser épico. Dois pontos em especial chamam a atenção: a aclamação de Jon Snow como o novo Rei do Norte e a partida de Daenerys, seus três dragões e seu imenso exército rumo a Westeros. O primeiro não só reafirma Jon Snow como um protagonista na série, como também faz dele um dos dois pilares de toda a história, o “Gelo” sobre as quais as crônicas são contadas. Já Daenerys, põe-se a caminho de Westeros para finalmente tomar o trono e demonstra se o outro pilar dessa lenda que gostamos tanto de acompanhar. Sim, Daenerys é o “Fogo” do qual as crônicas querem nos fazer lembrar. Jon Snow se prepara apra a batalha contra os Outros, Daenerys, para tomar o Trono de Ferro, diametralmente opostos na história, mas fadados a um encontro épico. E com as revelações sobre o passado de Jon, as teorias e a história do Azor Ahai muita coisas surpreendentes ainda podem acontecer. Por enquanto ficamos com essas recordações, toda a preparação e propósito desses momentos crucias e nos preparemos para o melhor que, certamente, está por vir.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Niguém em toda série se fortaleceu mais do que Jon Snow e Daenerys Targaryen. Agora, eles se preparam para as maiores batalhas de suas vidas.

5 – Daenerys Targaryen contra os Mestres da Baía dos Escravos

A massacrante vitória de Daenerys Targarien frente ao exército dos Mestres da Baía dos Escravos foi ao ar no episódio 9 da sexta temporada. Essa batalha é emblemática pois nela podemos ver pela primeira vez a “Mãe de Dragões” lutando junto com os três, após eles já estarem consideravelmente grandes e poderosos. A batalha é bastante esclarecedora, visto que o poder dos três dragões de Daenerys torna-se comprovadamente um desafio quase insuperável. A cena é importante por constatar esse fato e estabelecer Daenerys definitivamente como alguém capaz de reescrever a história, tal como seu ancestral Aegon, O Conquistador.  Além disso, a cena também mostra um capricho técnico bastante convincente, com tomadas aéreas e planos muito bem escolhidos pela direção. Ver os três dragões em ação pela primeira vez é um deleite para os fãs, e felizmente, a direção de efeitos especiais também fizeram um trabalho dignos de elogio.

Daenerys Targaryen and Your Trhee Dragons

Daenerys Targaryen montada em Drogon, ao lado de Viserion e Rhaegal.

4 – Ataque dos White Walkers e Morte de Hodor

A cena que foi ao ar no final do quinto episódio dessa sexta temporada é extremamente importante para muitas questões abertas em Game of Thrones. Primeiramente temos uma reafirmação e, até mesmo, uma elevação da importância de Brandon Stark como aquele que assumirá o lugar do Corvo de Três Olhos e se tornará o maior Warg do mundo. Temos também revelações sobre os Meninos da Floresta e a origem dos White Walkers, a morte do Corvo de Três Olhos e abertura do posto para o próprio Bran e as chocantes revelações sobre o passado de Hodor e seu trágico destino. Todos esses acontecimentos servem como um ponto de virada muito importante para o roteiro, abre novas possibilidades e levantam ainda mais questões para o enredo. Sem dúvidas uma das cenas mais chocantes e importantes de toda a temporada.

Holdor

O trágico destino de Hodor chocou muitos fãs.

3 – Ressureição de Jon Snow

A ressurreição de Jon Snow é a cena que todos queriam ver. Para alguns ela pode até ser considerada como um fanservice, mas a verdade é que a volta do bastardo de Ned Stark é crucial para o enredo da série e as resoluções que a trama possivelmente terá. O trabalho de preparação foi muito bem feito, criando uma tensão e um clima bastante adequado. A atuação de Kit Harington (que normalmente não é tão relevante) merece destaque nesse momento. De um homem morto a renascido e principal candidato a Azor Ahai, Jon Snow se afirmou como o protagonista que a série ainda não tinha e esse, por si só, já é um ponto vital para toda a obra. Cena memorável, crucial e muito bem dirigida.

Jon Snow Rise

Ressurreição de Jon Snow foi um dos pontos mais altos da temporada.

2 – Explosão do Grande Septo de Baelor

A explosão do Grande Septo de Baelor, cena que foi ao ar na Season Finale dessa sexta temporada, é sem dúvidas um dos acontecimentos mais marcantes de toda a série, principalmente no que diz respeito a própria história de Westeros e seu povo. Desde a chegada dos Ândalos a Westeros e a dominância dos mesmos sobre os Primeiros Homens, ou seja, há aproximadamente 6000 anos antes de Aegon, O Conquistador tomar Westeros e dominar os Sete Reinos, que a Fé dos Sete reina soberana como principal religião do continente (ainda que no norte a fé nos Antigos Deuses da Floresta seja prevalente). O Grande Septo, que já passava dos 130 anos de construção, tornara-se símbolo maior da Fé dos Sete e da própria cultura e história de Porto Real. Importante, imponente e sagrado, este era o monumento que Cersei Lannister destruiu impiedosamente. Como se já não fosse uma atitude de ousadia extrema, Cersei matou na explosão do Septo toda a fé militante, o próprio Alto Septão (chefe de toda a religião dos Sete), o futuro da Casa Tyrell, a Rainha de Westeros e mais um monte de gente importante. Por consequência, o Rei, seu filho Tommen Baratheon, suicidou e deixou o trono sem um sucessor. Resultado? A própria Cersei sentou-se no Trono de Ferro. Depois de tudo isso, não é nem preciso reafirmar a importância dessa cena para a história. Também vale destacar o ótimo trabalho da direção que conduziu o acontecimento criando um ótimo clima de tensão e proporcionando um grande espetáculo visual como resultado final.

Grande Septo de Baelor

Grande Septo de Baelor (em primeiro plano) em Porto Real. Ao fundo, a Fortaleza Vermelha.

1 – Batalha dos Bastardos

A Batalha dos Bastardos, acontecimentos que foi ao ar no episódio 9 dessa sexta temporada, é certamente o momento mais memorável da temporada, e provavelmente, de toda a série. Após Jon Snow voltar a vida, reencontrar Sansa e se deparar com o apoderamento do Norte e o sequestro de Rickon Stark, ambos por parte de Ramsay Bolton, a guerra pela retomada do lugar e pelo resgate do caçula de Eddard Stark tornou-se anunciada. A Batalha dos bastardos é um espetáculo quase incomparável, pois alia um clima de tensão inigualável, uma direção minuciosamente bem feita, quebras de expectativas e atuações num nível de excelência. Kit Harington merece (novamente) uma citação a parte, conseguindo sobressair com outra atuação digna de nota. Importante para os rumos da trama, coerente e inegavelmente marcante, a Batalha dos Bastardos fica em primeiro lugar como o melhor momento da sexta temporada de Game of Thrones.

Jon Snow vs Ramsay Bolton

E esse foi o nosso Top X com as 6 melhores cenas da sexta temporada de Game of Thrones! Esta que, mesmo com altos e baixos, terminou da melhor maneira possível! E, enquanto não chega logo o retorno da série, vamos controlando nossa ansiedade ao relembrar esses grandiosos momentos. E então, faltou alguma? O que espera da sétima temporada? Comente, discorde, concorde, monte sua lista também. E que venha a sétima temporada de Game of Thrones!

Anúncios

Sobre Thiago

Um grão de areia no olho do furacão.

Publicado em 28 de junho de 2016, em Top X e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: