Review – Fúria de Titãs 2, uma tentativa de melhora decepcionante

Não tenhamos ciúmes de nossos irmãos!

Wrath-of-the-TitansFicha Técnica:

Fúria de Titãs 2 (Wrath of the Titans)

Direção: Jonathan Liebesman

Produção: Basil Iwanyk e Polly Cohen Johnsen

Roteiro: Dan Mazeau, David Leslie Johnson e Steven Knight

Gênero: Ação, Aventura, Fantasia

Distribuição: Warner Bros. Pictures

Elenco: Sam Worthington, Liam Neeson, Ralph Fiennes, Edgar Ramírez, Danny Huston, Bill Nighy, Rosamund Pike e John Bell

Lançamento: 2012

 

Fúria de Titãs 2 é a continuação, e também uma clara tentativa de melhora, do fraco Fúria de Titãs. Infelizmente a tentativa passou longe de ser um sucesso e o pior, para os diretores, é que também foi um fracasso de bilheteria. Ambientado 10 anos após Perseu matar o Kraken, Fúria de Titãs 2 tem seu plot centrado na traição de Ares, aliado a Hades que se juntam para libertar Cronos do Tártaro, espalhando destruição pelo mundo.

O longa apresenta grandes efeitos visuais e, cenas como Perseu voando em Pégaso e Cronos causando destruição pelo simples balançar de seus braços, são dignas de nota. As lutas, no entanto, são menos enérgicas e mais confusas que no primeiro filme, como vemos nas batalhas contra a quimera e contra os ciclopes. Os cenários do filme são menos ricos que o primeiro, mas não comprometem. A variação de ângulos e a edição as vezes deixam algumas cenas confusas. A trilha sonora, a maquiagem e os figurinos não se destacam, mas também não comprometem.

helius-perseus

Perseu melhorou consideravelmente nesse filme, a paternidade parece ter feito bem ao protagonista, pois agora ele tem alguém muito importante para proteger. O filho de Zeus ainda é um personagem raso, mas pelo menos não é incoerente, além de demonstrar um estreitamento de seus laços com o pai e mostrar-se mais convicto de suas ações e motivações. Io foi completamente removida da história, o filme não explica como ela morreu e nem faz questão (o que é estranho visto o que aconteceu com ela no primeiro filme). A tentativa foi válida, mas seu efeito final não foi tão bom quanto poderia ser. Andrômeda se tornou uma rainha, mas também uma guerreira (e agora é loira!), lutando ao lado de Perseu, e (não) desenvolvendo uma relação amorosa com o mesmo.

Zeus é fraco, literalmente, durante o filme. Como pode o grande Deus do Olimpo ser facilmente derrubado por Hades e Ares? Uma piada. Hades apresenta o mesmo clichê do filme anterior como motivação, ódio a Zeus por ter sido designado o guardião do submundo, e consegue ser pior nesse filme que no anterior. Ares é um vilão vazio, motivado por um banal ciúme de Perseu e Zeus. Agenor, filho mortal de Poseidon, deveria ser importante na luta de Perseu, mas acaba com alívio cômico (e que pouco funciona) e mais nada. Poseidon e Hefesto também estão no filme, mas são praticamente nulos na história.

wrath-of-the-titans-1024

O desenvolvimento da trama de Fúria de Titãs 2 é banal. As motivações que levam Hades e Ares a libertarem Cronos são ridículas, desmotivando o espectador logo de cara. Os plots do filme não são desenvolvidos, as relações entre Perseu e seu filho ou entre ele e Zeus são rasos, e inexiste entre ele e Andrômeda. O filme mostra certas incoerências, como um Hades que amargura contra Zeus por incontáveis anos, mudar de opinião durante o filme, obviamente depois de fazer a cagada toda, por causa de um papinho mixuruca do Zeus. Simplesmente terrível!

Ares é outro desastre do filme, nitidamente o principal vilão, ele pelo menos demonstra força, mas sua motivação é uma das mais risórias que já vi. Ciúmes de um irmão por um relacionamento que o mesmo jamais construiu com o pai. Ares é o Deus da guerra, mas sua cabeça parece a de uma criança de seis anos! Segurem-se para não rir diante da tela. Em certos momentos do filme, alguns deuses morrem, mas não fica claro o porquê, já que teoricamente eles são imortais. Não se percebe um bom planejamento, o final é sem graça e, obviamente forçado, com um invulnerável Pégaso penetrando dentro do corpo de Cronos, permitindo a Perseu golpeá-lo mortalmente.

wrath-of-the-titans-still01

Tematicamente o enredo de Fúria de Titãs 2 também não apresenta nenhuma ambição. Assim como seu antecessor, é apenas mais uma história com personagens da mitologia grega, e só. A sequência até tenta fazer melhorias em relação ao anterior, e em alguns (poucos) pontos consegue. Infelizmente o resultado final é muito semelhante ao anterior, o que coloca esse filme na categoria de mais um dos esquecíveis e descartáveis longas do cinema.

Anúncios

Sobre Thiago

Um grão de areia no olho do furacão.

Publicado em 9 de janeiro de 2016, em Review e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: