Top X – Os 15 Melhores Jogadores do Mundo (2016/2)

Esta é a seção Top X, onde elaboramos um Top que pode ser sobre os mais diversos assuntos. A letra X no título é propositalmente uma incógnita, pois poderemos fazer um Top com qualquer valor.

Analisar um jogador pelo que ele fez durante um ano inteiro é bem complicado. Durante uma temporada ele pode viver altos e baixos, o que é absolutamente normal para qualquer atleta. Contudo, é também inviável analisar somente pelo que ele fez na última semana, já que certa regularidade é preciso para comprovar seu nível de atuação. Ainda assim, não podemos ignorar completamente a carreira do jogador e tudo que já o vimos construir. Optamos, então, por montar a lista baseado principalmente no desempenho semestral dos jogadores, sem ignorar a carreira que o mesmo já possui. Após a lista dos melhores jogadores do mundo no segundo semestre de 2015 (colocar link) e a lista dos melhores jogadores do mundo no primeiro semestre de 2016 (colocar link), atualizamos nossa seleção. Sem mais delongas segue a lista com os melhores jogadores do mundo no segundo semestre de 2016!

15 – Edinson Cavani

cavani-psg

Após a saída de Zlatan Ibrahimovic do PSG, na metade desse ano, Edinson Cavani desandou a fazer gols pelo Paris Saint-Germain. Artilheiro máximo da atual temporada do Campeonato Francês, com uma média incrível de 18 gols em 16 jogos na competição. Também marcou 6 vezes, em 6 jogos, na UEFA Champions League e detém a posto de artilheiros das Eliminatórias sul-americanas para o Copa do Mundo FIFA 2018. Com atuações e números tão bons, o uruguaio merece o lugar entre os 15 melhores jogadores do semestre!

14 – Diego Costa

diegocosta

Diego Costa voltou a ser o mesmo jogador que foi na histórica temporada do título nacional do Atlético de Madrid, em 2013-14. Chamado por alguns de trator, tanque, ou até rolo compressor, or seu estilo de jogo, Diego vem fazendo campanha brilhante, com o técnico Antonio Conte, na Premier League, se tornando o principal jogador do Chelsea e artilheiro do campeonato com 14 gols, além de ter dado outras 5 assistências. Soma-se a esses números também as atuações sempre importantes, segurando a bola no ataque, fazendo movimentações, preparando jogadas decisivas e rompendo as defesas com sua grande força física e explosão muscular. Além disso, fez 3 gols em 3 jogos pela Seleção Espanhola, nas Eliminatórias europeias. Feitos tais que destacam Diego Costa a essa posição no ranking!

13 – Zlatan Ibrahimovic

zlatan-united

Após terminar a temporada passada mais uma vez de forma brilhante, Zlatan Ibrahimovic foi para o Manchester United. O sueco, após se tornar o maior artilheiro da história do PSG e ser o artilheiro do time no Campeonato Francês, começou muito bem sua jornada na Premier League, sendo atualmente o vice-artilheiro da competição. Ibra, com 35 anos, vive ligeiro declínio técnico e, ainda assim, consegue se impor e ser um dos melhores jogadores do mundo. O “cara que só faz golaço” segue firme como um dos maiores da atualidade no futebol.

12 – Manuel Neuer

manuel-neuer

Manuel Neuer é o melhor goleiro da atualidade. O alemão não somente é capaz de realizar defesas espetaculares, como ainda reformou a posição ao fazer, em diversos momentos da partida, jogadas de líbero. Seguro, decisivo e quase intransponível, a muralha alemã fica com a décima segunda posição.

11 – Arturo Vidal

UEFA Champions League - "FC Bayern Munich v Arsenal"

Arturo Vidal foi um monstro no primeiro semestre de 2016. O chileno assumiu a condição de titular absoluto e tomou conta do meio de campo do Bayern de Munique. Implacável na marcação, estupendo na leitura de jogo, posicionamento e capacidade de ocupação de espaço, além de fortíssimo com suas chegadas sempre incisivas dentro da área, Vidal demonstrou por diversas vezes estar sempre no lugar certo na hora certa, seja qual for o lugar do campo. Principal jogador e líder da seleção chilena na conquista da Copa América Centenário e nas Eliminatórias sul-americanas, Vidal fez ótimo ano. Caiu um pouco, como o time do Bayern inteiro com a chegada de Carlo Ancelotti e essa fase de transição que o time passa. Ainda assim, tem tudo para crescer ainda mais com o entrosamento da equipe melhorando.

10 – Andrés Iniesta

Andres-Iniesta

“Andrés Iniesta é gênio. Ele é diferente quando pega na bola.” Muitos jogadores que enfrentaram o meia do Barcelona já disseram coisas semelhantes sobre ele. De fato, a carreira e tudo que já o vimos fazer já o credencia a estar entre os melhores. Visão de jogo incomparável, controle de bola muito acima do comum, passes e dribles precisos por si só, fazem de Iniesta um dos maiores da atualidade. Apesar de viver ligeiro declínio técnico devido o avançar da idade (32 anos), Iniesta ainda é muito diferenciado e poucos conseguem ser melhores do que ele.

09 – Philipe Coutinho

coutinho

Phillipe Coutinho segue sua ascensão na carreira de for meteórica! Desde que chegou ao Liverpool, o brasileiro foi melhorando cada vez mais seu futebol. Dono de um dos chutes mais preciso de longas distâncias, além de veloz, driblador e com boa visão de jogo, o astro do Liverpool se tornou um meia-atacante completo. Notabilizou-se por seus golaços “ao melhor estilo Coutinho”, com carregadas de bola da meia esquerda para o centro e disparos certeiros de longas distâncias. Mais do que astro no Liverpool, o crescimento de Coutinho o tornou nessa temporada um pilar na Seleção Brasileira e o melhor jogador do primeiro semestre da Premier League 2016-17. Nono lugar para o brasileiro!

08 – Robert Lewandowski

robert_lewandowski_original

Robert Lewandowski terminou a última temporada com números avassaladores! O atacante polonês marcou 56 gols, divididos em atuações pelo Bayern de Munique e pela seleção polonesa. Lewandowski foi artilheiro da Bundesliga 2015-16 com 30 gols e o principal jogador do Bayern de Munique na temporada. Foi até as quartas de final da Euro 2016 coma a seleção polonesa, fazendo boa campanha. Lewandowski se consolidou como o principal jogador do Bayern de Munique na última temporada e nesse semestre se manteve como tal. Oitavo lugar para o artilheiro polonês.

07 – Pierre Emerick Aubameyang

Pierre-Emerick-Aubameyang

Aubameyang é o principal jogador do Borussia Dortmund já há duas temporadas. Extremamente veloz, inteligente e decisivo, o gabonês se consolidou como um astro da Bundesliga e do futebol mundial! Com bom poder de finalização tanto com os pés como com a cabeça, bom posicionamento e ótima movimentação, atuando muito bem também longe do gol, Auba é um dos nomes mais importante do futebol mundial na atualidade. Sua estrondosa média de gols na atual temporada da Bundesliga, 16 gols em 15 jogos, aliada as qualidades já apresentadas o credencia a sétimo melhor jogador do mundo.

06 – Antoine Griezmann

antoine-griezmann-atletico-madrid

Diego Simeone chegou a afirmar que se Griezmann continuasse no Atlético de Madrid e mantivesse a curva ascendente que demonstrava, estaria em pouco tempo brigando de igual para igual com Messi e Cristiano Ronaldo. As previsões de El Cholo se tornaram verdade na última temporada, onde o atacante francês foi gigantesco. Griezmann foi o principal nome do Atlético de Madrid na temporada e eleito o craque do último Campeonato Espanhol. Na UEFA Euro 2016 foi eleito o melhor jogador do torneio, sendo também artilheiro e principal nome do vice-campeonato da seleção francesa. Estabelecido como um astro do futebol mundial, o francês ficou em terceiro lugar na disputa pela Bola de Ouro e também entre os três melhores do ano pela FIFA. Caiu de rendimento na segunda metade desse semestre, mais precisamente nos últimos três meses, o que o coloca nessa posição, mas tem futebol para retornar ao Top 5 no próximo semestre.

05 – Neymar Júnior

neymar-brasil-argentina-2016

Depois de viver uma temporada 2014-15 mágica, Neymar oscilou bastante tanto pelo Barcelona como pela Seleção Brasileira. Contudo, o astro do Brasil vem conseguindo manter uma regularidade muito boa nessa temporada. Após iniciar o semestre liderando a Seleção Olímpica do Brasil na conquista do primeiro ouro olímpico da história do país, o jogador do Barcelona vive momento estável no Barcelona, com números de gols baixo no Campeonato Espanhol, mas com atuações muito mais maduras, coletivamente falando. Com 50 gols pela seleção brasileira, já é o quinto maior artilheiro com apenas 23 anos de idade. Em quinto lugar, Neymar tem tudo para voltar a ser Top 3 do futebol mundial, até mesmo o primeiro em alguns anos. Veremos como continuará a carreira do brasileiro.

04 – Gareth Bale

Gareth-Bale

Após voltar em grande estilo no fim da última temporada e ser decisivo nas arrancadas do Real Madrid rumo ao vice campeonato de La Liga e do décimo primeiro títula da UEFA Champions League, Gareth Bale continuou como um dos maiores jogadores do mundo. É um astro de vital importância no esquema de jogo de Zidane e tem papel fundamental na temporada de números avassaladores do time merengue. Sempre vale lembrar que Gareth Bale fez história com sua seleção, levando País de Gales a primeira semifinal de Eurocopa, na primeira participação da história do país na fase final da competição. Praticamente completo, Bale alia força, velocidade, chutes precisos, cabeceios e posicionamentos nos mais altos índices, o que faz dele o quarto melhor jogador do mundo.

03 – Luís Suárez

Luís-Suárez

Luís Alberto Suárez Díaz, chamado de “El Pistoleiro” ou também de “Luisito” é o principal jogador uruguaio da atualidade, sendo o maior artilheiro da Celeste Olímpica de todos os tempos. Suárez, após ser brilhante na última temporada, onde foi um expoente tão grande quanto o próprio Messi no tridente do Barcelona, continuou com números avassaladores nesse semestre. Atual artilheiro do Campeonato Espanhol, ao lado de Messi, e importante assistente do time. Luisito também liderou sua seleção nas eliminatórias, ajudando a Celeste Olímpica a estar na vice-liderança do torneio. Pensou em gol, pensou em Luís Suárez. Continua assim nesse semestre.

02 – Cristiano Ronaldo

Cristiano-Ronaldo

“A Máquina de Fazer Gols”, é assim que muitos se referem a Cristiano Ronaldo. CR7 é considerado para muitos o maior atleta da atualidade, e se pensarmos em atributos físicos, eles estão totalmente certos. Cristiano Ronaldo detém grande porte físico, alia força, velocidade, impulsão, posicionamento e finalizações num conjunto quase perfeito. Exímio atleta e destruidor de recordes, o português atingiu na última temporada os recordes de maior artilheiro da história do Real Madrid e o de maior artilheiro de uma edição de fase de grupos da Liga dos Campões, liderando a equipe rumo ao décimo primeiro título. Também foi eleito melhor jogador do Mundial de Clubes 2016 e ganhou sua quarta Bola do Ouro. Liderou Portugal de forma sublime à conquista da UEFA Euro 2016, a primeira da história do país. São números, títulos, características que fazem de CR7 uma lenda, um jogador no mesmo patamar de Messi, e faz dele o maior jogador português de todos os tempos.

01 – Lionel Messi

lionel-messi-sevilla-barcelona-laliga-06112016_1d1wu95d62alx1ai4xwymyrxoj

Lionel Andrés Messi é simplesmente o principal jogador do mundo na atualidade. Não somente isso, “La Pulga”, como também é conhecido, vem destruindo recordes atrás de recordes, desde que se profissionalizou. Menos completo no que se diz a aptidões físicas se comparado a seu maior rival, Cristiano Ronaldo, Messi compensa com sobras no talento e na genialidade. A capacidade de enxergar o jogo coletivo, criar jogadas improváveis, driblar, destruir defesas, fazer arrancadas espetaculares e finalizar com eficiência inigualável fazem do gênio argentino o melhor jogador do mundo. Após conquistar na última temporada o Campeonato Espanhol e a Copa do Rei pelo Barcelona e ser o melhor jogador disparado da Copa América Centenário, Messi se tornou o maior artilheiro da história da seleção argentina, ultrapassando Gabriel Batistuta. Soma atualmente 57 gols. Não há jogador de futebol no mundo com a capacidade de chamar o jogo pra si e colocá-lo “debaixo do braço” com tamanha eficiência quanto o gênio argentino.

Abre o Jogo – O mundo abraça a Chapecoense

O mundo foi surpreendido neste dia 29/11/2016 com a trágica notícia da queda do avião que culminou na morte de jogadores, membros da comissão técnica e outros componentes da delegação da Associação Chapecoense de Futebol. Profissionais da imprensa do rádio brasileiro, da FOX Sports Brasil e da Rede Globo, além de empregados da empresa responsável pelo voo que também estavam entre as vítimas. O clube modesto, mas extremamente sério, profissional e competente em sua gestão, chegava pela primeira vez à final da Copa Sul Americana, representando o Brasil em sua primeira final internacional. A glória máxima do alviverde catarinense enquanto instituição de futebol.

brasillutochape

Brasil amanheceu de luto após tragédia na Colômbia.

A tragédia, a maior da história do futebol mundial, foi capaz de gerar uma corrente de solidariedade como nunca se viu antes na história do futebol. Mensagem de clubes, jogadores, profissionais de imprensa e diversas pessoas e personalidade de diferentes segmentos pelo mundo, rapidamente se prestaram a deixar suas homenagens ao clube de Santa Catarina e às vítimas e seus familiares. O mais incrível de tudo foi ver a grande quantidade e a velocidade com que as pessoas e as ideias solidárias se espalharam. As camisas oficiais da Chapecoense se esgotaram em todas as principais lojas onlines do Brasil. A CONMEBOL logo suspendeu a fina da competição sul americana e os jogadores do Atlético Nacional de Medellín, adversário na final, chegaram a solicitar que a instituição organizadora do torneio declarasse a Chapecoense como campeã da competição!

chapeluto

Escudo da Chapecoense, em luto, se tornou o escudo de todos os clubes brasileiro no dia de hoje.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) logo agiu, adiando em uma semana a final da Copa do Brasil e a última rodada do Campeonato Brasileiro, decretando luto oficial de 7 dias no futebol brasileiro. O Palmeiras, atual campeão nacional, se prontificou a jogar a última partida da competição com o uniforme do alviverde de Chapecó. Clubes do Brasil e até estrangeiros, como oBenfica, se solidarizaram em emprestar atletas para a Chapecoense. Em nota, os clubes brasileiros se uniram para pedir que o time do oeste de Santa Catarina não seja rebaixado nas próximas três edições do Campeonato Brasileiro. Confira, na íntegra a nota, logo abaixo.

A corrente dos clubes brasileiros é algo notável, visto que no futebol brasileiro os dirigentes e os torcedores costumam olhar sempre para seus próprios interesses, sendo egoístas em muitas vezes. Pouco se viu um ato de nobreza e de união tão forte como o que presenciamos após essa tragédia. Um exemplo que simboliza bem essa união: todos os grandes clubes brasileiros trocaram suas fotos em redes sociais por fotos do escudo da Chapecoense em luto. O Corinthians, que habitualmente tem aversão à cor verde pela rivalidade com o Palmeiras, colocou a cor como plano de fundo do site, em homenagem ao time catarinense.

corinthainschape

Site oficial do Corinthians com a capa em verde e a tag #ForçaChape em homenagem à ACF.

O que podemos destacar de positivo em toda essa tragédia é que, apesar de vivermos num mundo onde o ódio e as guerras parecem crescer cada vez mais, enquanto o respeito, o amor, a solidariedade e a bondade parecem cada dia mais escassos, os bons ainda são maioria! Que nos sirva de consolo! Que as famílias das vítimas recebam o conforto de Deus e que a Chapecoense possa se reerguer e continuar encantando o Brasil e mundo!

Nota oficial dos dirigentes dos clubes brasileiros à CBF:

NOTA OFICIAL

Neste momento de perda e de profunda tristeza, nós, presidentes dos clubes brasileiros que publicam essa nota, gostaríamos de manifestar nossos mais sinceros sentimentos de pesar e solidariedade à Associação Chapecoense de Futebol e seus torcedores, e em especial às famílias e amigos dos atletas, comissão técnica e dirigentes envolvidos na tragédia ocorrida na madrugada desta terça-feira (29).

Mesmo cientes dos prejuízos irreparáveis provocados por este terrível acontecimento, os Clubes entendem que o momento é de união, apoio e auxílio à Chapecoense.

Neste sentido, os Clubes anunciam Medidas Solidárias à Chapecoense, que consistirão, dentre outras, em:

(i) Empréstimo gratuito de atletas para a temporada de 2017; e
(ii) Solicitação formal à Confederação Brasileira de Futebol para que a Chapecoense não fique sujeita ao rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro pelas próximas 3 (três) temporadas. Caso a Chapecoense termine o campeonato entre os quatro últimos, o 16o colocado seria rebaixado.

Trata-se de gesto mínimo de solidariedade que se encontra ao nosso alcance neste momento, mas dotado do mais sincero objetivo de reconstrução desta instituição e de parte do futebol brasileiro que fora perdida hoje.

#ForçaChape” 

 

O site do UOL fez uma lista com 12 gestos nobres de solidariedade para com a Chapecoense, clique aqui para conferir.

Cavadinha – CHALA HEAD CHALA no The Voice!

É isso mesmo que você leu, mas não foi dessa vez que pudemos testemunhar CHALA HEAD CHALA no The Voice. Pelo menos não no The Voice Brasil.

Calma, eu explico. O que aconteceu foi o seguinte: um participante do The Voice tailandês cantou a imortal abertura de Dragon Ball Z nas audições do programa que foi ao ar no dia 9 de outubro de 2016. Não só cantou, como o fez de maneira exemplar, tanto que os quatro técnicos viraram as cadeiras para o cara!

the-voice-tailandia-chala-head-chala

Tailandês canta CHALA HEAD CHALA no The Voice local

Aí o cara vai lá canta CHALA HEAD CHALA no The Voice, vira todas as cadeiras, e depois manda um Kamehameha nos técnicos só de zueira! E eles recebem o golpe! É muita mitagem para um vídeo só!

Como se já não fosse mítico o suficiente, os técnicos pediram para o cara cantar também a abertura de Saint Seiya: Pegasus Fantasy. Não deu outra, mais um show! Infelizmente, como não falo tailandês, ficarei devendo o nome do mito, mas vocês podem assistir a, ou melhor, as apresentações dele clicando neste link. Se alguém souber o nome do cantor, fiquem a vontade para comentar.

Cavadinha – Messi e Neymar, os Super Saiyajins!

Que este blog sempre falou sobre futebol e sobre animes/mangás não é nenhuma novidade. Contudo, esta é a primeira vez que estes universos, muitas vezes distantes, mostram-se tão unidos através de dois ícones do esporte mundial: Lionel Messi e Neymar Júnior.

Após perder a final da Copa América Centenário e anunciar a aposentadoria da Seleção Argentina, Messi se apresentou para a temporada 2016-17 com um novo visual: loiro! Tão logo, Neymar apareceu com o mesmo visual e muitas pessoas começaram com as brincadeiras. Ambos, entre os melhores jogadores do mundo e mais famosos rostos do planeta, estariam admitindo uma evolução? Será que agora estava finalmente explicado porque eles era capazes de fazer coisas tão incríveis? Estaria explicado o motivo de tantas pessoas chamarem Lionel Messi de extraterrestre? Seriam eles Saiyajins?  Ou melhor, agora Super Saiyajins?

Tão logo a primeira foto do novo visual de Messi vazou, surgiram boatos e montagens. À esquerda desenho feito pelo Esporte Interativo brincando com o visual do craque argentino.

Ok, sabemos que é uma brincadeira, mas o mais legal é que em meio a tantas montagens e brincadeiras dos fãs, os próprios jogadores entraram na festa! Após a massacrante vitória do Barcelona por 7 x 0 frente ao Celtic, pela estreia na UEFA Champions League 2016-17, Neymar postou uma foto no seu Instagram com Messi, na legenda: “FUSÃO 👉🏻🔥👈🏽 RÁ #Saiyajin”.

neymar-messi-fusao-ssj

Em seu Instagram oficial, Neymar posta foto com Messi e alusão a Fusão e a #Saiyajin

Uma óbvia referência a Dragon Ball, mas também uma mensagem para mostrar o tamanho da união entre ele e Messi, uma fusão que deu e dá ótimos frutos para o time catalão.

O fato é que se antes já haviam montagens e zueiras sobre os Super Saiyajins do Barcelona, agora é que não param de surgir novas e excelentes brincadeira. A do Esporte Interativo, lançada pouco depois da postagem de Neymar, foi uma dentre as tantas que surgiram.

neymar-messi-ei

Esporte Interativo, sem perder tempo, já lançou outra montagem hilária dos craque do Barcelona.

O mais legal nessa história toda é ver que mesmo pessoas como Messi e Neymar, mundialmente famosos, são gente como a gente. Tiveram infâncias que compartilharam coisas conosco e ainda guardam boas lembranças. Sem contar também com a boa e velha zueira, a brincadeira e a leveza que nunca deve faltar nas nossas vidas!

Seja como for, as defesas adversárias que se preparem, pois agora os Super Saiyajins do Barcelona virão com tudo!

Nota: Se quiser acessar as postagens originais no Instagram, basta clicar aqui para ver a do Neymar e aqui para a do Esporte Interativo.

 

Cavadinha – Uma obra prima!

É bastante comum ver fanarts circulando nas redes sociais. Muitas acabem saindo despercebidas, talvez por serem ruins ou por não terem nada de tão relevante. Outras poucas vezes, vemos artes que conseguem certo destaque, mas algo extremamente marcante, original e totalmente diferenciável é uma raridade. Pois bem, existe uma obra que certamente preenche todos esses requisitos, e talvez os supere de forma marcante.

Kid Goku by Akira

Son Goku, por Akira Toriyama.

Circula nas redes sociais uma arte cujo desenho retrata Son Goku em sua fase infantil. A arte é uma junção de vários momentos chaves da própria história do Saiyajin e une todos essas etapas numa harmonia perfeita. Passando pelos principais momentos da infância de Goku, podemos viajar pela história enquanto vemos a arte, e ainda nos deslumbrar com um cuidado surreal do autor ao usar os próprios personagens para demarcar sombras e outros detalhes mínimos no desenho maior. O resultado final é simplesmente sublime e nostálgico, e sua originalidade, técnica e precisão, inigualáveis. A obra é assinada por Czung 16, e merece todos os elogios possíveis!

Vocês podem conferir o vídeo que mostra a arte clicando aqui. Aproveitem e contemplem esse verdadeira obra prima!

Cavadinha – A Premier League voltou!

A Premier League, ou Campeonato Inglês de Futebol, principal liga de clubes do mundo, está de volta! Como se já não fosse o suficiente para prender a atenção do mundo inteiro, a edição desse ano vem com temperos especiais já que pela primeira vez tem um Leicester defendendo o título, soma-se a isso a contratação de Pep Guardiola, debutante na liga pelo Manchester City e nome mais badalado entre todos os treinadores do mundo. Já ficou bom? Tem mais: José Mourinho no United e a velha rivalidade “Mourinho vs Guardiola” na cidade de Manchester, o sempre carismático e surpreendente Jürgen Klopp agora com um tempo maior de casa e com grandes expectativas para o Liverpool, o sempre ótimo Antonio Conte assumindo o Chelsea e o experiente e imprescindível Arsene Wenger no Arsenal.

premierleague

Ufa! Motivos já suficiente para tornar essa edição especial certo? Sim, porém há muito mais! O Tottenham vem forte novamente, manteve o time e agora mais experiente pode chegar de novo. O Manchester United destruiu na janela de transferência e trouxe três nomes de muito peso: Henrikh Mkhitaryan (eleito melhor jogador da última Bundesliga) , Zlatan Ibrahimovic (esse dispensa comentários) e Paul Pogba (contratação mais cara da história do futebol). O Manchester City trouxe Gundogan e Nolito para o meio-campo e apostou em jovens muito promissores como Gabriel Jesus e Leroy Sané, com Guardiola eles tendem a explodir. O Liverpool também foi ao mercado e com o acréscimo de Sadio Mané e Giorgino Wijnaldum tende a se tornar muito forte. Arsenal e Chelsea, com Granit Xhaka e N’Golo Kanté, além de outras contratações também melhoraram o meio de campo e o time como um todo. Soma-se tudo isso aos outros times que, com o dinheiro da Premier League, sempre veem em alto nível de competição, podemos certamente esperar o Campeonato Inglês mais disputado, badalado e carismático dos últimos anos.

A BBC sabe muito bem do tamanho desta Premier League e para aproveitar o embalo fez um vídeo-montagem hilário com alguns dos principais personagens dessa edição. Confiram neste link.

 

Cavadinha – O negócio do século

A Juventus acaba de anunciar Gonzalo Higuaín pela exorbitante quantia de € 90 milhões, o que equivale a aproximadamente R$ 322,5 milhões! Um valor descomunal, sem dúvidas!

pipita

Juventus recepcionou “Pipita” em suas redes sociais.

Higuaín fez uma temporada 2015-16 brilhante no Napoli, terminando como artilheiro máximo da Série A com a quantia recorde de 36 gols, em 35 partidas disputadas. Pela seleção argentina fez 4 gols na campanha do vice-campeonato da Copa América Centenário. Credenciais que justificam o preço pago, certo? Claro que não!

Nascido em 10 de dezembro de 1987, Higuaín já é um jogador que se aproxima da casa dos 30 anos, o que indica que a Juventus não conseguirá nenhum valor que possamos pensar em se aproximar do valor investido nele numa eventual venda futura. Só por aí já temos um argumento crucial contra esse investimento. Passamos agora a analisar o lado técnico: Higuaín joga mesmo tudo isso?

Gonzalo-Higuain

Higuaín fez temporada excelente no Napoli.

Com a venda, o atacante argentino se tornou o terceiro futebolista mais caro da história do futebol, atrás de Gareth Bale (€ 100 milhões) e Cristiano Ronaldo (€ 94 milhões). Até aí normal, Higuaín é obviamente inferior a esses dois jogadores. Porém, o absurdo começa quando vemos os nomes a seguir na lista: Neymar (€ 88 milhões), Luís Suárez (€ 82 milhões), além de Zinedine Zidane, Ángel Di María, James Rodríguez e Kevin De Bruyne (todos por € 75 milhões). Todos esses jogadores são muito melhores e mais jovens que “Pipita” no momento em que foram comprados.

Como se não bastasse, Higuaín ainda ganhou uma grande fama de pipoqueiro na Argentina, visto que perdeu gols feitos nas últimas três finais que a Seleção disputou (final da Copa do Mundo FIFA 2014, final da Copa América 2015 e final da Copa América Centenário), contribuindo para o tri vice-campeonato dos “hermanos” nessas competições.

higuain-argentina

Pela seleção argentina, Higuaín coleciona fracassos.

Apesar da ótima temporada no Napoli, “Pipita” nunca foi unanimidade em nenhum time que passou. Tornou-se artilheiro absoluto no Napoli, mas nunca chegou perto de ser uma estrela mundial, capaz de figurar em listas dos melhores do ano da FIFA, sequer entre os 23. Quanto menos em lista espalhadas pela internet. O sucesso de uma ótima temporada o elevou a um status que nunca foi comprovado que ele poderia manter. Veremos o que o futuro nos dirá.

O que fica muito claro nessa contratação é uma estratégia de dominação clara da Juventus, enfraquecendo seus rivais locais para reinar soberana na Itália. Um modelo de gestão semelhante ao do Bayern de Munique na Alemanha. Contudo, ainda que seja esportivamente um recurso, fica claro que, neste caso, o Napoli fez o negócio do século!

Top X – Os 15 Melhores Jogadores do Mundo (2016/1)

Esta é a seção Top X, onde elaboramos um Top que pode ser sobre os mais diversos assuntos. A letra X no título é propositalmente uma incógnita, pois poderemos fazer um Top com qualquer valor.

Analisar um jogador pelo que ele fez durante um ano inteiro é bem complicado. Durante uma temporada ele pode viver altos e baixos, o que é absolutamente normal para qualquer atleta. Contudo, é também inviável analisar somente pelo que ele fez na última semana, já que certa regularidade é preciso para comprovar seu nível de atuação. Ainda assim, não podemos ignorar completamente a carreira do jogador e tudo que já o vimos construir. Optamos, então, por montar a lista baseado principalmente no desempenho semestral dos jogadores, sem ignorar a carreira que o mesmo já possui. Após a lista dos 15 melhores jogadores do mundo no segundo semestre de 2015 e com o fim da UEFA Euro 2016 e da temporada europeia, atualizamos nossa seleção. Sem mais delongas segue a lista com os melhores jogadores do mundo no primeiro semestre de 2016!

15 – Phillip Lahm

philipp-lahm

Em declínio técnico por já ter 32 anos, Phillip Lahm ainda deve ser destacado como um dos melhores do mundo. Melhor lateral do planeta há quase 10 anos, o capitão do Bayern de Munique é um jogador que pouco aparece nos números e, até mesmo, no jogo. Lateral de origem, o alemão joga também como volante. Discreto, mas praticamente perfeito, Lahm desenvolve o jogo, distribui passes, abre as linhas de marcação com trocas de passes, infiltrações e lançamentos precisos. Também é excelente na marcação. Certa vez, Pep Guardiola disse que Philip Lahm era o jogador mais inteligente com o qual ele já havia trabalhado.

14 – Diego Godín

Diego-Godin

Diego Godín continua sendo o principal zagueiro do Atlético de Madrid e da Seleção Uruguaia há alguns anos. Mais do que isso, sustenta o posto de melhor zagueiro do mundo há quase meia década. Seguro, sério, firme e extremamente regular, o zagueiro uruguaio lidera a melhor defesa do mundo na atualidade, a do Atlético de Madrid. Diferente de outros zagueiros que podem até ser tecnicamente melhores, como Mats Hummels, Sérgio Ramos, Giorgio Chiellini e Thiago Silva, mas que sempre dão aquelas entregadas, Godín raramente falha. Além disso, é um dos zagueiros mais mortais e decisivos na bola parada da atualidade. O gol do título do Campeonato Espanhol 2013/2014, da final da Champions League 2013/2014 e da classificação do Uruguai para as oitavas de final da Copa do Mundo FIFA 2014, são alguns exemplos de como o zagueiro é decisivo. Já fez três gols nas eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA 2018 e é o artilheiro da Celeste Olímpica no torneio.

13 – Zlatan Ibrahimovic

Zlatan Ibrahimovic celebrates scoring for Paris Saint Germain against St Etienne.

Zlatan Ibrahimovic dispensa comentários. O sueco se tornou o maior artilheiro da história do PSG e foi o artilheiro do time no Campeonato Francês, destacando-se como principal jogador ao lado de Ángel Di María. Conduziu a seleção sueca à fase final da Euro 2016, embora não tenha levado a seleção adiante da fase de grupos. Ibra, com 34 anos, vive ligeiro declínio técnico e, ainda assim, consegue se impor e ser um dos melhores jogadores do mundo. O “cara que só faz golaço” segue firme como um dos maiores da atualidade no futebol.

12 – Manuel Neuer

manuel-neuer

Manuel Neuer é o melhor goleiro da atualidade. O alemão não somente é capaz de realizar defesas espetaculares, como ainda revolucionou a posição ao fazer em diversos momentos da partida, jogadas de líbero. Seguro, decisivo e quase intransponível, a muralha alemã fica com a décima segunda posição.

11 – Ángel Di María

dimaria

Ángel Di Maria foi o principal jogador do Paris Saint-Germain na temporada, ao lado de Ibrahimovic. Líder de assistências do campeonato francês e autor de jogadas e gols maravilhosos durante a temporada, o argentino reafirmou-se como um dos principais jogadores do mundo e o segundo melhor jogador argentino da atualidade. Rápido, técnico, driblador, passador, decisivo e muito consciente dentro do campo, conquistou com méritos o posto de décimo primeiro melhor jogador do mundo.

10 – Andrés Iniesta

Andres-Iniesta

“Andrés Iniesta é gênio. Ele é diferente quando pega na bola.” Muitos jogadores que enfrentaram o meia do Barcelona já disseram coisas semelhantes sobre ele. De fato, a carreira e tudo que já o vimos fazer já o credencia a estar entre os melhores. Visão de jogo incomparável, controle de bola muito acima do comum, passes e dribles precisos por si só, fazem de Iniesta um dos maiores da atualidade. Infelizmente, perdeu seu protagonismo com a explosão do tridente do Barcelona. Também vive ligeiro declínio técnico devido o avançar da idade (32 anos). Mesmo assim, Andrés Iniesta ainda é muito diferenciado e poucos conseguem ser melhores do que ele.

09 – Arturo Vidal

UEFA Champions League - "FC Bayern Munich v Arsenal"

Arturo Vidal foi um monstro nesse segundo semestre. Após um primeiro semestre de readaptação no Bayern de Munique, o chileno assumiu a condição de titular absoluto e tomou conta do meio de campo time bávaro. Implacável na marcação, estupendo na leitura de jogo, posicionamento e capacidade de ocupação de espaço, além de fortíssimo com suas chegadas sempre incisivas dentro da área, Vidal demonstrou por diversas vezes estar sempre no lugar certo na hora certa, seja qual for o lugar do campo. Sua exímia disposição foi determinante para que ele pudesse fazer gols importantíssimos na caminhada do time alemão até as semifinais da UEFA Champions League. Também foi enorme na Bundesliga, sendo peça importante na conquista do tetracampeonato alemão. Principal jogador e líder da seleção chilena na conquista da Copa América Centenário, Vidal demonstrou porque merece estar tão alto na lista dos melhores jogadores do mundo.

08 – Pierre Emerick Aubameyang

Pierre-Emerick-Aubameyang

Aubameyang foi o principal jogador do Borussia Dortmund e do primeiro semestre da Bundesliga. Sofreu com algumas lesões nesse semestre, mas ainda assim demonstrou ser decisivo e incisivo como sempre. Terminou o campeonato como vice-artilheiro da competição com 25 gols, totalizando 36 gols durante toda a temporada, entre Europa League, Bundesliga e Copa da Alemanha. Velocista, ótimo finalizador tanto com os pés quanto com a cabeça, além de jogar muito bem fora da grande área, Auba se provou um expoente do campeonato alemão e um dos principais atacantes do mundo na atualidade.

07 – Robert Lewandowski

robert_lewandowski_original

Robert Lewandowski foi gigantesco nessa temporada. O atacante polonês marcou 56 gols, divididos em atuações pelo Bayern de Munique e pela seleção polonesa. Lewandowski foi artilheiro da Bundesliga 2015-16 com 30 gols e o principal jogador do Bayern de Munique na temporada. Após ser decisivo e levar a Polônia à fase final da Euro 2016, foi discreto na competição, marcando somente um gol.  Contudo sua seleção foi bem na competição, chegando as quartas de final e sendo eliminada somente nos pênaltis para Portugal, futuro campeão. Lewandowski foi o principal jogador do Bayern de Munique nesse semestre e em toda a temporada e foi também um dos melhores, se não o melhor, de todo o futebol alemão. Sétimo lugar para o artilheiro polonês.

06 – Neymar Júnior

Neymar

Neymar viveu o melhor momento da carreira no segundo semestre de 2015. Àquela altura, viveu momentos em que intitulá-lo de melhor jogador do mundo não era exagero. Desde então, viveu um aparente declínio técnico, não figurando no Top 5, ainda que continue indubitavelmente como um dos melhores do mundo. Foi artilheiro da Champions League 2014-15 com 10 gols (ao lado de Messi e Ronaldo), sempre marcando em jogos decisivos. Na última edição, 2015-16, teve desempenho muito inferior. Também oscilou bastante durante o campeonato espanhol e viu Messi e Suárez comandarem o Barcelona rumo a conquista do campeonato espanhol e da Copa do Rei. Marcou na final desta, tendo boa atuação. Com 46 gols pela seleção brasileira, já é o quinto maior artilheiro com apenas 23 anos de idade. Na última eleição da FIFA à Bola de Ouro conseguiu ser finalista ao lado de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. Aparece em sexto, pelo segundo semestre abaixo do esperado e pela ascensão de outros rivais. Porém, tem tudo para chegar ao topo, basta ter foco e dedicação.

05 – Gareth Bale

Gareth-Bale

Gareth Bale sofreu com lesões na última temporada e por isso esteve em baixa. Muitos questionaram se o galês valeu mesmo o investimento feito por ele. A temporada foi passando e Bale se recuperou, e mais do que isso, voltou em grande estilo. Assumiu papel de protagonista do Real Madrid ao lado de Cristiano Ronaldo e teve papel gigantesco na incrível arrancada do time merengue no final da temporada, que culminou com um antes distante segundo lugar no campeonato espanhol e um memorável título da UEFA Champions League, o décimo primeiro da história do clube. Mais do que com seu clube, Gareth Bale fez história com sua seleção, levando País de Gales a primeira semifinal de Eurocopa, na primeira participação da história do país na fase final da competição. O astro do Real Madrid foi enorme e merece o quinto lugar na lista.

04 – Antoine Griezmann

antoine-griezmann-atletico-madrid

Diego Simeone chegou a afirmar que se Griezmann continuasse no Atlético de Madrid e mantesse a curva ascendente que demonstrava, estaria em pouco tempo brigando de igual para igual com Messi e Cristiano Ronaldo. As previsões de El Cholo parecem cada vez mais próximas de serem confirmadas, afinal o atacante francês foi gigantesco nessa temporada, e ainda mais nesse semestre. Griezmann foi o principal nome do Atlético de Madrid na excelente campanha do vice-campeonato da UEFA Champions League, sendo fundamental para que os Colchoneros eliminassem o Barcelona e o Bayern de Munique, antes favoritos. Na UEFA Euro 2016 foi eleito o melhor jogador do torneio, sendo também artilheiro e principal nome do vice-campeonato da seleção francesa. Estabelecido como um astro do futebol mundial, o francês tem tudo pra continuar crescendo e alçar voos ainda maiores.

03 – Luís Suárez

Luís-Suárez

Luís Alberto Suárez Díaz, chamado de “El Pistoleiro” ou também de “Luisito” é o principal jogador uruguaio da atualidade, sendo o maior artilheiro da Celeste Olímpica de todos os tempos. Suárez foi nesse semestre um expoente tão grande quanto o próprio Messi no tridente do Barcelona. Foi importantíssimo no título da Copa do Rei e do Campeonato Espanhol do Barcelona na temporada 2015-16. Suárez teve a incrível marca de 40 gols no Campeonato Espanhol, terminado como artilheiro máximo. Além de artilheiro, Luís Suárez foi líder de assistências do torneio com 16, ao lado de Messi, e fez seis hat-tricks durante o campeonato. Também liderou sua seleção nas eliminatórias, levando a Celeste Olímpica à liderança do torneio. Pensou em gol, pensou em Luís Suárez. Assim foi nesse semestre.

02 – Cristiano Ronaldo

Cristiano-Ronaldo

“A Máquina de Fazer Gols”, é assim que muitos se referem a Cristiano Ronaldo. CR7 é considerado para muitos o maior atleta da atualidade, e se pensarmos em atributos físicos, eles estão totalmente certos. Cristiano Ronaldo detém grande porte físico, alia força, velocidade, impulsão, posicionamento e finalizações num conjunto quase perfeito. Exímio atleta e destruidor de recordes, o português atingiu nessa temporada os recordes de maior artilheiro da história do Real Madrid e o de maior artilheiro de uma edição de fase de grupos da Liga dos Campões. Fez 16 gols na UEFA Champions League 2015-16, sendo artilheiro máximo da competição, e liderou o Real Madrid à conquista do décimo primeiro título. No campeonato espanhol, CR7 fez 35 gols e foi vice-artilheiro da competição. Liderou Portugal de forma sublime à conquista da UEFA Euro 2016, a primeira da história do país. Credenciais que o colocam num patamar igual ao de Messi, no semestre, e o eleva a maior jogador português de todos os tempos.

01 – Lionel Messi

Lionel-Messi

Lionel Andrés Messi é simplesmente o principal jogador do melhor time da atualidade. Não somente isso, “La Pulga”, como também é conhecido, vem destruindo recordes atrás de recordes, desde que se profissionalizou. Menos completo no que se diz a aptidões físicas se comparado a seu maior rival, Cristiano Ronaldo, Messi compensa com sobras no talento e na genialidade. A capacidade de enxergar o jogo coletivo, criar jogadas improváveis, driblar, destruir defesas, fazer arrancadas espetaculares e finalizar com eficiência inigualável fazem do gênio argentino o melhor jogador do mundo. Esse semestre, Messi conquistou o campeonato espanhol e a Copa do Rei pelo Barcelona e foi o melhor jogador disparado da Copa América Centenário, terminando com o vice-campeonato após derrota nos pênaltis para o Chile. Messi também se tornou o maior artilheiro da história da seleção argentina, ultrapassando Gabriel Batistuta, com 55 gols. Em La Liga, fez 26 gols e foi líder de assistências com 16, ao lado de Suárez. Apesar de ter perdido a final da Copa América, foi o melhor jogador e, mesmo que tenha se aposentado (ou não) da seleção argentina, continua sendo o melhor jogador do mundo, pois ninguém consegue chamar o jogo pra si e colocá-lo “debaixo do braço” com tamanha eficiência quanto o gênio argentino.

Top X – Os 6 Melhores Momentos da Sexta Temporada de Game of Thrones

Esta é a seção Top X, onde elaboramos um Top que pode ser sobre os mais diversos assuntos. A letra X no título é propositalmente uma incógnita, pois poderemos fazer um Top com qualquer valor.

Baseado na série de livros As Crônicas de Gelo e Fogo (A Song of Ice and Fire no original) de George R. R. Martin, Game of Thrones é uma série de televisão produzida pelo HBO de enorme sucesso mundial. Criada por David Benioff e D. B. Weiss, a série se tornou um grande sucesso de crítica e de popularidade, notabilizando-se como uma das maiores e mais icônicas séries de todos os tempos.

1434624

Intro oficial da série

Anteriormente, fizemos uma lista com as 12 Cenas Mais Marcantes de Game of Thrones, cobrindo da primeira até a quinta temporada. Com o findar da sexta temporada, listamos, nesse Top X, as 6 cenas mais marcantes da mesma! Mantivemos os mesmos critérios da lista anterior, considerando a qualidade técnica da cena, a atuação dos atores, as ações dos personagens, o quão marcante ela foi, sua importância no enredo, seu propósito e sua coerência, para assim montar a nossa lista. Sem mais delongas, segue a nossa seleção.

[AVISO: O TEXTO ABAIXO CONTÉM SPOILERS!!! SE VOCÊ AINDA NÃO ASSISTIU A GAME OF THRONES OU MESMO LEU OS LIVROS DE GEORGE R. R. MARTIN, LEIA POR SUA CONTA E RISCO.]

6 – O novo Rei do Norte e a retorno da verdadeira herdeira do Trono de Ferro

O episódio 10 dessa sexta temporada foi o melhor entre todos os episódios de encerramento de temporadas disparado! É interessante como esse episódio foi capaz de juntar as pontas que pareciam tão distantes na série e colocarem elas nos trilhos para convergir num embate que tem tudo para ser épico. Dois pontos em especial chamam a atenção: a aclamação de Jon Snow como o novo Rei do Norte e a partida de Daenerys, seus três dragões e seu imenso exército rumo a Westeros. O primeiro não só reafirma Jon Snow como um protagonista na série, como também faz dele um dos dois pilares de toda a história, o “Gelo” sobre as quais as crônicas são contadas. Já Daenerys, põe-se a caminho de Westeros para finalmente tomar o trono e demonstra se o outro pilar dessa lenda que gostamos tanto de acompanhar. Sim, Daenerys é o “Fogo” do qual as crônicas querem nos fazer lembrar. Jon Snow se prepara apra a batalha contra os Outros, Daenerys, para tomar o Trono de Ferro, diametralmente opostos na história, mas fadados a um encontro épico. E com as revelações sobre o passado de Jon, as teorias e a história do Azor Ahai muita coisas surpreendentes ainda podem acontecer. Por enquanto ficamos com essas recordações, toda a preparação e propósito desses momentos crucias e nos preparemos para o melhor que, certamente, está por vir.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Niguém em toda série se fortaleceu mais do que Jon Snow e Daenerys Targaryen. Agora, eles se preparam para as maiores batalhas de suas vidas.

5 – Daenerys Targaryen contra os Mestres da Baía dos Escravos

A massacrante vitória de Daenerys Targarien frente ao exército dos Mestres da Baía dos Escravos foi ao ar no episódio 9 da sexta temporada. Essa batalha é emblemática pois nela podemos ver pela primeira vez a “Mãe de Dragões” lutando junto com os três, após eles já estarem consideravelmente grandes e poderosos. A batalha é bastante esclarecedora, visto que o poder dos três dragões de Daenerys torna-se comprovadamente um desafio quase insuperável. A cena é importante por constatar esse fato e estabelecer Daenerys definitivamente como alguém capaz de reescrever a história, tal como seu ancestral Aegon, O Conquistador.  Além disso, a cena também mostra um capricho técnico bastante convincente, com tomadas aéreas e planos muito bem escolhidos pela direção. Ver os três dragões em ação pela primeira vez é um deleite para os fãs, e felizmente, a direção de efeitos especiais também fizeram um trabalho dignos de elogio.

Daenerys Targaryen and Your Trhee Dragons

Daenerys Targaryen montada em Drogon, ao lado de Viserion e Rhaegal.

4 – Ataque dos White Walkers e Morte de Hodor

A cena que foi ao ar no final do quinto episódio dessa sexta temporada é extremamente importante para muitas questões abertas em Game of Thrones. Primeiramente temos uma reafirmação e, até mesmo, uma elevação da importância de Brandon Stark como aquele que assumirá o lugar do Corvo de Três Olhos e se tornará o maior Warg do mundo. Temos também revelações sobre os Meninos da Floresta e a origem dos White Walkers, a morte do Corvo de Três Olhos e abertura do posto para o próprio Bran e as chocantes revelações sobre o passado de Hodor e seu trágico destino. Todos esses acontecimentos servem como um ponto de virada muito importante para o roteiro, abre novas possibilidades e levantam ainda mais questões para o enredo. Sem dúvidas uma das cenas mais chocantes e importantes de toda a temporada.

Holdor

O trágico destino de Hodor chocou muitos fãs.

3 – Ressureição de Jon Snow

A ressurreição de Jon Snow é a cena que todos queriam ver. Para alguns ela pode até ser considerada como um fanservice, mas a verdade é que a volta do bastardo de Ned Stark é crucial para o enredo da série e as resoluções que a trama possivelmente terá. O trabalho de preparação foi muito bem feito, criando uma tensão e um clima bastante adequado. A atuação de Kit Harington (que normalmente não é tão relevante) merece destaque nesse momento. De um homem morto a renascido e principal candidato a Azor Ahai, Jon Snow se afirmou como o protagonista que a série ainda não tinha e esse, por si só, já é um ponto vital para toda a obra. Cena memorável, crucial e muito bem dirigida.

Jon Snow Rise

Ressurreição de Jon Snow foi um dos pontos mais altos da temporada.

2 – Explosão do Grande Septo de Baelor

A explosão do Grande Septo de Baelor, cena que foi ao ar na Season Finale dessa sexta temporada, é sem dúvidas um dos acontecimentos mais marcantes de toda a série, principalmente no que diz respeito a própria história de Westeros e seu povo. Desde a chegada dos Ândalos a Westeros e a dominância dos mesmos sobre os Primeiros Homens, ou seja, há aproximadamente 6000 anos antes de Aegon, O Conquistador tomar Westeros e dominar os Sete Reinos, que a Fé dos Sete reina soberana como principal religião do continente (ainda que no norte a fé nos Antigos Deuses da Floresta seja prevalente). O Grande Septo, que já passava dos 130 anos de construção, tornara-se símbolo maior da Fé dos Sete e da própria cultura e história de Porto Real. Importante, imponente e sagrado, este era o monumento que Cersei Lannister destruiu impiedosamente. Como se já não fosse uma atitude de ousadia extrema, Cersei matou na explosão do Septo toda a fé militante, o próprio Alto Septão (chefe de toda a religião dos Sete), o futuro da Casa Tyrell, a Rainha de Westeros e mais um monte de gente importante. Por consequência, o Rei, seu filho Tommen Baratheon, suicidou e deixou o trono sem um sucessor. Resultado? A própria Cersei sentou-se no Trono de Ferro. Depois de tudo isso, não é nem preciso reafirmar a importância dessa cena para a história. Também vale destacar o ótimo trabalho da direção que conduziu o acontecimento criando um ótimo clima de tensão e proporcionando um grande espetáculo visual como resultado final.

Grande Septo de Baelor

Grande Septo de Baelor (em primeiro plano) em Porto Real. Ao fundo, a Fortaleza Vermelha.

1 – Batalha dos Bastardos

A Batalha dos Bastardos, acontecimentos que foi ao ar no episódio 9 dessa sexta temporada, é certamente o momento mais memorável da temporada, e provavelmente, de toda a série. Após Jon Snow voltar a vida, reencontrar Sansa e se deparar com o apoderamento do Norte e o sequestro de Rickon Stark, ambos por parte de Ramsay Bolton, a guerra pela retomada do lugar e pelo resgate do caçula de Eddard Stark tornou-se anunciada. A Batalha dos bastardos é um espetáculo quase incomparável, pois alia um clima de tensão inigualável, uma direção minuciosamente bem feita, quebras de expectativas e atuações num nível de excelência. Kit Harington merece (novamente) uma citação a parte, conseguindo sobressair com outra atuação digna de nota. Importante para os rumos da trama, coerente e inegavelmente marcante, a Batalha dos Bastardos fica em primeiro lugar como o melhor momento da sexta temporada de Game of Thrones.

Jon Snow vs Ramsay Bolton

E esse foi o nosso Top X com as 6 melhores cenas da sexta temporada de Game of Thrones! Esta que, mesmo com altos e baixos, terminou da melhor maneira possível! E, enquanto não chega logo o retorno da série, vamos controlando nossa ansiedade ao relembrar esses grandiosos momentos. E então, faltou alguma? O que espera da sétima temporada? Comente, discorde, concorde, monte sua lista também. E que venha a sétima temporada de Game of Thrones!

Abre o Jogo – LeBron James, The King!

Após o título de MVP, juntamente com o título da NBA na temporada 2014-15, Stephen Curry se afirmou como um expoente do Basquete mundial. Com grandes méritos conduziu o Golden State Warriors a uma campanha arrasadora na temporada regular de 2015-16, com a incrível marca de 73 vitória e 9 derrotas, quebrando o recorde do histórico Chicago Bulls de Michael Jordan, em 1995-96, de 72 vitórias e 10 derrotas. Todos esse números e as grandes atuações chamaram os holofotes e, para muitos, Curry era indubitavelmente o melhor jogador do planeta. E quanto a LeBron James?

LeBron James ganhou o apelido de “King James” não por acaso. Um verdadeiro fenômeno desde que estreou na NBA, em 2003, é amplamente reconhecido como o melhor jogador do mundo há quase uma década! Apesar de atuar como ala, desempenha todas as funções em quadra com nível próximo da excelência. Atualmente com mais de 26.000 pontos e com um considerável tempo de carreira restante, tem tudo para se tornar um dos maiores pontuadores da história da NBA.

LeBronJames

King James, em ação pelo Cleveland Cavaliers, contra o Golden State Warriors

Pois bem, King James, estrela maior do basquete mundial, ofuscado pela brilhante temporada de Stephen Curry e do Golden State Warriors. Continuaria assim?

Quis o destino que o Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers repetissem a final da NBA da temporada 2014-15. Era a chance de King James se redimir e trazer o primeiro título da história da NBA à sua cidade natal, Cleveland.  E não poderia ser de um jeito mais espetacular! Depois de estar perdendo a série por 3-1, os Cavaliers acordaram na série, e com atuações monstruosas de King James, viraram a final e sagraram-se campeões! Pela primeira vez na história um time virava uma série depois de sair perdendo por 3-1.

LeBronJamesFinalGame7

Com triplo-duplo no jogo 7, Lebron James foi eleito o MVP das Finais da NBA 2016.

É digno de nota as brilhante atuações de Kyrie Irving nas finais, um show a parte. Uma nota também aos outros jogadores do Cleveland Cavaliers, afinal ninguém faz nada sozinho, nem mesmo um rei. A final da NBA reafirmou o que muitos já sabiam, e alguns pareciam esquecidos: LeBron James é o rei do basquete atual. Restou ao time do Golden State Warrior, e Stephen Curry, se curvarem perante The King James, o rei que mostrou merecer todo o respeito do mundo.